Como Contratar um Escritorio Juridico

Neste artigo você aprenderá dicas de como Contratar um Escritório Jurídico.

Essa pode parecer uma tarefa difícil, mas sabendo o caminho certo você vai conseguir contratar um escritório jurídico eficiente bem rápido.

Como Contratar um Escritorio Juridico

É preciso ter muita atenção ao contratar um escritório jurídico para não ter problemas futuramente, um bom profissional é decisivo para o bom andamento das demandas judiciais e administrativas.

A escolha de um advogado é fundamental para que você se sinta seguro e saiba que seu processo está correndo em boas mãos. Um profissional competente irá auxiliar e deixar sempre você atualizado do que está acontecendo, explicando cada etapa do processo e do que está sendo feito.

O primeiro passo antes de procurar um escritório jurídico é saber qual serviço que você precisa, se é problema trabalhista, na esfera criminal, cível ou outros. Depois veja se você precisa de apenas um serviço ou se precisará de assessoria contínua.

Escolhendo um escritório

Após saber o tipo de serviço que você precisa, é hora de procurar um escritório jurídico para contratar. Você pode aceitar recomendações de pessoas de confiança ou buscar alguém diferente.

Um escritório com boa estrutura e profissionais capacitados sempre têm boas referências, pesquise a reputação do escritório e se possível converse com clientes e veja o nível de satisfação deles com os serviços prestados.

Uma forma de ver a situação e qualificações de um profissional é checar seu registro no Cadastro Nacional dos Advogados (CNA), em que mesmo que não saiba o número de registro na OAB você poderá conseguir informações inserindo o nome completo do advogado.

Saber de dados como a taxa de sucesso do advogado pode ser uma maneira para escolher se estiver em dúvida para contratar um escritório jurídico. A trajetória e formação acadêmica também podem servir como peso na hora da decisão.

Verifique as despesas processuais

Antes de assinar o contrato você deve estar ciente dos honorários que serão cobrados e os custos do processo. Esses gastos estão além do pagamento do advogado, então você deve saber quanto tem disponível para arcar com a contratação e as despesas que são relacionadas a gastos do Poder Judiciário, como desempenho de funções ordinárias e manutenções durante o processo.

Para o processo ter continuidade, o Estado impõe taxas que devem ser pagas por você. Também é possível que mais gastos surjam, como quando é necessário uma opinião técnico-científica para que o juiz amparar sua decisão.

Então para evitar dívidas, o mais sensato é fazer um levantamento de suas economias e encontrar um advogado que se encaixe no seu orçamento. O advogado mais caro não é necessariamente o melhor, muitos advogados cobram valores mais em conta e prestam um bom serviço.

Os processos judiciais costumam levar certo tempo até serem concluídos, portanto é essencial que você contrate alguém em que sinta confiança e saiba que o trabalho será executado da melhor forma possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.